Maquiadora com doença de Parkinson cria linha de maquiagem revolucionária

Terri Bryant era maquiadora havia 10 anos quando, um dia, percebeu que aplicar delineador nos olhos de uma modelo não estava mais tão fácil quanto era antes. Não é que tivesse ficado ruim. Mas ela levou muito mais tempo para completar a maquiagem do que levava antes. Cinco anos depois, o diagnóstico de doença de Parkinson justificou essa dificuldade.

Ela já havia trabalhado no backstage de desfiles, maquiando celebridades para capas de revistas e como treinadora em marcas como Dior, Stila, Smashbox e Josie Maran. Experiente e habilidosa, ela se viu em uma situação inusitada: de uma hora para a outra, era como se ela tivesse voltado a ter as mãos de uma pessoa comum, que não consegue fazer o delineado gatinho perfeito ou aplicar máscara de cílios sem borrar.

Please read the rest of the article at Marie Claire Brazil https://revistamarieclaire.globo.com/Beauty-Tudo/noticia/2020/02/maquiadora-com-doenca-de-parkinson-cria-linha-de-maquiagem-revolucionaria.html

"I always thought I was bad at makeup, so I just gave up and stuck to what I knew. Now I know it wasn’t me! "

Michayla, NYC